Research on Biomedical Engineering
https://rbejournal.org/article/doi/10.4322/rbeb.2012.083
Research on Biomedical Engineering
Original Article

Análise estática do posicionamento do sistema de cinco pontos em dispositivos de retenção infantil

Static analysis of harness fit in forward-facing child restraints

Loffredo, Maria de Castro Monteiro; Arruda, Celso; Ebert, Sheila; Reed, Matthew Paul

Downloads: 0
Views: 543

Resumo

O presente estudo tem a finalidade de avaliar o sistema de proteção dos dispositivos de retenção infantil, tais como a passagem do cinto de cinco pontos, referentes às tiras do torso e abdominais, e também avaliar a localização de componentes de proteção. Três modelos de dispositivos foram analisados em laboratório simulador no banco traseiro de veículo usando um dummy de três anos da família Hybrid III. A coleta de dados foi feita por meio de marcas predeterminadas no dummy e nos dispositivos e registradas tridimensionalmente por um equipamento digitalizador de pontos em 3D (FaroArm). Para isso, o dummy foi instalado nos assentos após sua fixação no carro seguindo os padrões da norma norte-americana nº 213, da Federal Motor Vehicle Safety Standard – FMVSS “Child Restraint Systems” (NHTSA, 2005). Os resultados mostraram uma grande variação no posicionamento dos componentes de proteção entre os modelos analisados. O cinto do torso apresentou diferenças em sua passagem no tórax superior conforme a altura de regulagem. A posição do cinto abdominal também variou entre os modelos, sendo observada a passagem do mesmo na região do abdômen ao invés de locais mais rígidos, como os ossos da pélvis. Além disso, a localização do componente lateral de proteção da cabeça sofreu grande variação em relação ao centro de gravidade de cabeça do dummy, indicando que, em alguns casos, a cabeça da criança pode não ser protegida lateralmente por se deslocar amplamente no caso de impacto lateral do carro, o que provocaria lesão. Os resultados deste trabalho sugerem que o design de assentos infantis ainda apresenta falhas quanto ao posicionamento dos componentes de proteção em relação às características anatômicas da criança, considerando a ampla faixa etária para que são fabricados.

Palavras-chave

Dispositivo, Segurança, Infantil, Mau uso, Lesões.

Abstract

The present study examines several important contributors to appropriate child restraint systems (CRS), including harness routing (chest and lap straps) and the location of important protective components. Three forward-facing CRS equipped with five-point harnesses were evaluated in a laboratory vehicle mockup using the Hybrid-III three-year-old crash dummy. CRS elements and landmarks on the dummy were recorded using a three-dimensional coordinate digitizer (FaroArm). It was analyzed some important CRS components to the security of children in an impact. Results showed that harness routes and the lateral head frame varied widely among the CRS. Variation in harness slot position produced differences in fit at the shoulders and chest. Lap straps on one CRS routed the straps onto the dummy’s abdomen rather than the preferred pelvis position. The CRS lateral supports for head also varied relative to the dummy head center of gravity indicating that, in some cases, the head may not be laterally protected and move through a wide range in a car lateral impact which might cause injury. The results of this study suggest that the design of CRS still fail to fit all anatomical differences in the age range it is designed for.

Keywords

Car seat, Misuse, Children safety, Components, Injury
5889fb5a5d01231a018b45c5 rbeb Articles
Links & Downloads

Res. Biomed. Eng.

Share this page
Page Sections